Pop-ups matinais

E lá vou eu todas as manhãs, rua abaixo, em direção à estação de metro. A caminhada matinal não dura mais do 5-7 minutos. Depois de sair da minha rua, viro à esquerda e sigo a grande avenida. Há lojas, há supermercados, há agências funerárias, há padarias e pastelarias; encontramos ainda um stand de automóveis e uma creche. Mesmo à porta da estação há dentistas e lojas de eletrodomésticos. Temos também a ‘D. Maria’ cá do bairro com o seu corner de flores e a ‘D. Antónia’ nas raspadinhas e demais jogos de sorte e azar. Às vezes encontro ainda a ‘D. Fernanda’, a senhora que vende as meias… à dúzia que fica mais barato!

Mas, enquanto caminho pelos passeios da avenida, em algumas partes ocupados por tantos carros que mal me deixam passar, tem-me saltado à mente o mesmo pop-up desde segunda-feira. É um pop-up matinal, tipo quando fazemos algo de errado no Windows. Aparece do nada e deixa-nos pensativos. Em que botão devo clicar?

Questiono-me eu: ‘Mas nesta terra os elétricos rolam na estrada e os carros circulam nos carris?!’. É uma pergunta retórica, eu sei… mas todas as manhãs tento encontrar uma explicação.

Pop ups matinais

Numa avenida larga como esta, duas faixas para cada lado (quando não três) e uma zona central dedicada em exclusivo aos elétricos, não seria de esperar que carros andassem apenas na sua via normal?! Não servirão os elétricos como forma de deslocação rápida, tendo para esse mesmo objetivo um canal reservado, evitando assim ficarem bloqueados no trânsito?!

Pois bem, no meio de tanta confusão, vemos táxis e carros particulares a aparecerem nos carris dos elétricos! Circulam em locais proibidos com o objetivo de avançarem mais alguns metros e assim escapar à confusão. Mas parece não ter um resultado muito positivo. Não só atrapalham mais o trânsito, como bloqueiam os elétricos. No meio de tanta confusão vemos elétricos rodeados de carros e carros rodeados de elétricos. Chega a ser engraçado a imagem!

Conclusão: nem o trânsito flui, nem os utilizadores deste meio mais rápido conseguem chegar a horas ao destino! Por oposição a rede de metro funciona eficientemente, com intervalos entre composições de apenas 1 minuto em algumas ocasiões!

E já que falamos em trânsito, conhecem o conceito de ‘cruzamento em palmeira’?! Provavelmente não, mas será um bom tema para um futuro post. 🙂

Anúncios

3 opiniões sobre “Pop-ups matinais

  1. Bucareste é das cidades mais caoticas em hora de ponta. Fico de certa forma feliz por si que se desloca pelos transportes publicos – ha uma falta de civismo atroz, selvajaria, ordinarice de real baixo nivel. É mt comum ver batalhas com bastoes no meio da rua.
    A evitar.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s