Quem quer ser Presidente?

Domingo, 2 de novembro, o grande dia das eleições presidenciais romenas.

É certo que ainda teremos que esperar por uma segunda volta (16 de novembro) para saber quem vai ocupar a cadeira de Presidente da República, mas as sondagens mais recentes dão a vitória quase certa a Victor Ponta, o atual primeiro-ministro romeno.

Na corrida ao Palácio de Cotroceni estão 14 candidatos, embora grande parte deles sejam desconhecidos para a maioria da população. São eles: Victor Ponta, Klaus Iohannis, Monica Macovei, Călin Popescu-Tăriceanu, Teodor Meleșcanu, Elena Udrea, Dan Diaconescu, Hunor Kelemen, Zsolt Szilágyi, Corneliu Vadim Tudor, Constantin Rotaru, William Brînză, Mirel Mircea Amariței e Gheorghe Funar.

Ponta, chefe de governo desde 2012, é igualmente líder do Partido Social Democrata da Roménia. Um partido de centro-esquerda com raízes ligadas ao Partido Comunista.

‘In its electoral campaign, the PSD used folk motifs and photos of the statues of Romanian independence fighters, such as Mihai Viteazul, the first unifier of the Romanian principalities in 1600.
Vintila Mihailescu, a leading Romanian cultural anthropologist, argues that nationalistic props are an important electoral resource for all parties. But he adds: “The PSD electorate understands this language more easily, so there is a certain continuity [from the communist period].’ – in EUobserver

O adversário direto de Ponta é Klaus Iohannis, presidente do Partidul Naţional Liberal (Partido Nacional Liberal). As sondagens colocam-no em segundo lugar. Iohannis tem ascendência alemã e é o atual mayor de Sibiu. A cidade, localizada no coração da Transilvânia, acolheu a capital europeia da cultura, em 2007, e encontra-se listada como uma das mais idílicas localidades para se viver na Europa, segundo a revista Forbes.

Monica Macovei e Elena Udrea são as duas mulheres que concorrem ao cargo mais elevado do sistema político romeno. Macovei é atual membro do Parlamento Europeu, independente, e Udrea foi ministra do turismo e é presidente do Movimento Popular, um partido fundado pela prórpia.

Na semana passada, numa conversa à hora de almoço com alguns colegas de trabalho, fiquei esclarecido quanto à popularidade de Ponta, especialmente entre a população mais velha. O atual primeiro-ministro subiu as pensões e aumentou os salários dos funcionários.

‘Strong growth, falling unemployment, and falling inflation all work in Ponta’s favor,” Tsveta Petrova, an analyst at New York-based Eurasia Group, said Oct. 30 in an e-mailed note. “Ponta’s government has also recently implemented a number of populist measures, including allocating additional funds to local governments to mobilize local party machines.’ in Bloomberg

Pesa no seu currículo, entre outros, a venda a privados de importantes empresas públicas, como a Electrica SA e a Romgaz SA.
De qualquer forma, a Roménia assiste a um crescimento do seu PIB e, com a entrada dos fundos de coesão de Bruxelas, existe uma evidente melhoria das condições das infraestruturas do país.

O atual Presidente da República, Traian Băsescu, tem um percurso manchado por acusações de uso de excesso de poder e da utilização dos serviços secretos de forma indiscriminada contra os seus adversários políticos. Situação rara na Europa, o Parlamento tentou por duas vezes demitir o Presidente das suas funções através de referendos. Ambos falharam o objetivo.

O universo eleitoral estima-se em cerca de 18,3 milhões de votantes, dos quais mais de 530 mil votos provêm de romenos a viver no estrangeiro.

Às 20h saberemos quem ganhou o primeiro round.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s