Kürtőskalács

Passou a fazer parte do meu Natal. Foi assim em 2013 e é assim em 2014 também. À falta de azevias, sonhos e rabanadas, um substituto delicioso: kürtőskalács.

Dizem os livros que este doce nasceu no século XV e que rapidamente se espalhou por diversos países do centro e norte da Europa. Produzido com ingredientes simples (farinha, açúcar, manteiga, leite, ovos, fermento e sal), o kürtős tem a sua origem no coração da atual Roménia, na região histórica de Székely, na Transilvânia. A região é habitada há séculos por povos de origem magiar, daí o nome desta delícia gastronómica nada se parecer ao romeno e, para qualquer estrangeiro, seja difícil de pronunciar.

Após levedada, a massa é enrolada num pequeno tronco de madeira e polvilhada com açúcar. Segue depois para as brasas onde, com o calor, o açúcar carameliza acabando por dar um aspecto dourado brilhante ao doce. No final os toppings variam entre um simples banho de canela, de nozes, de chocolate ou de coco.

Consumido logo após ser cozinhado é divinal!

Sai um kürtős com canela sff! 🙂

Anúncios

2 opiniões sobre “Kürtőskalács

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s