O som do nada

Deixar o barulho da grande cidade e rumar ao cimo das montanhas. Deixar para trás as buzinadelas, as caras tristes de quem vai todos os dias para o mesmo trabalho. Deixar a sensação claustrofóbica de viajar no metro de Bucareste. Deixar para trás o trânsito caótico e descobrir o som do nada.

Num cenário branco, no meio dos Cárpatos, um lago numa antiga cratera de um vulcão. Árvores cobertas de neve fresca. E lá do topo, uma vista deslumbrante. Se eu visse o Pai Natal a passar entre os pinheiros não iria estranhar a sua presença.

Para quem quiser visitar, seguir em direção a Băile Tușnad (junto à fronteira entre os județes de Harghita e Covasna) e depois seguir as indicações Szent Anna-tó/Lacul Sfânta Ana.

Anúncios

4 opiniões sobre “O som do nada

      1. Ahh lago santa ana…
        Tens aí um belo hotel nas proximidades, o Balvanyos.
        Essa zona conheço-a toda como a palma da minha mão, tem umas pistas de neve excelentes.
        N estranhes se ninguem entender nada do q dizes, estás dentro da maior comunidade hungara da Romenia, e são ferrenhosssss.

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s