Presidente português em visita oficial à Roménia

Notícia da Antena 1 com as primeiras impressões da visita de Cavaco Silva, Presidente da República, à Roménia.

Cavaco na Roménia sem primeiro-ministro indiciado por evasão fiscal e branqueamento de capitais.

No último ano a Roménia iniciou uma verdadeira caça aos corruptos e nem o primeiro-ministro Victor Ponta escapou às investigações.Victor Ponta diz-se inocente, mas o certo é que está fora do país desde sexta-feira.

O Presidente da República português, Cavaco Silva, ficou a saber à chegada a Bucareste que já não se vai encontrar com o primeiro-ministro romeno.

A Roménia é o segundo país mais pobre da União Europeia, logo a seguir à Bulgária. É também um dos países com maior índice de corrupção no espaço europeu e está sob vigilância apertada de Bruxelas.

TIAGO PETINGA / Lusa
Foto: Tiago Petinga/Lusa

E, no Expresso:

Cavaco Silva chega à Roménia em plena crise política

Primeiro-ministro, indiciado por crimes de corrupção, ausentou-se do país.

O Presidente da República chegou ontem à noite a Bucareste, mas não se encontrará, conforme o previsto, com o primeiro-ministro Victor Ponta. Segundo as últimas notícias, este estará na Turquia para ser operado a um joelho, e será substituído pelo vice-primeiro-ministro e ministro da Administração Interna, Gabriel Oprea.

O facto nada teria de anormal, não fosse o facto do país viver em plena crise política, depois da investigação judicial ao primeiro-ministro, do Partido Social-Democrata, indiciado pelos crimes corrupção, branqueamento de capitais e evasão fiscal antes de ser sido nomeado para o cargo, na sequência das eleições de 2012. Victor Ponta afirma estar inocente

Na sexta-feira, a coligação governamental chumbou pela terceira vez uma moção de censura promovida pela oposição, que permitia retirar-lhe a imunidade. No fim de semana, o Primeiro-ministro deslocou-se a Baku, no Azerbaijão, para participar nos Jogos Olímpicos europeus e terá ido diretamente desta cidade para a Turquia.

Já em Fevereiro passado, o ministro das Finanças do Governo de Ponta havia sido afastado por acusações similares.

A viagem de Cavaco Silva à Roménia estava prevista há já três anos mas, na altura, a agitação política no país acabou por ditar o seu adiamento. O objetivo é a consolidação das relações comerciais e económicas.

Mais de 80 empresas portuguesas estão presentes na Roménia, onde existem alguns investimentos significativos. Portugal exporta para este país balcânico (o segundo mais pobre da União Europeia depois da Bulgária) €240 milhões de euros, e importa €131 milhões.

Hoje, o Presidente encontra-se pela manhã com o seu homólogo Klaus Werner Iohannis e, da parte da tarde, com os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados.

Amanhã, Cavaco Silva deverá participar num fórum empresarial romeno-português, e teria então marcado o encontro com o primeiro-ministro. Ao fim da tarde regressará a Lisboa, não sem antes visitar um grande empreendimento da Sonae Sierra.

Amanhã, Cavaco Silva e a Embaixada de Portugal oferecem uma recepção, no Museu Nacional de Arte, com um concerto de Ana Moura e a presença do Presidente romeno, Klaus Iohannis.

Anúncios

Uma opinião sobre “Presidente português em visita oficial à Roménia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s