Um país entre Reis

Ferdinand e Carol são dois nomes maiores na História da Roménia. Monarcas, Reis de um reino que se estendia para lá dos Cárpatos, governaram o país e deixaram a sua marca. Hoje, a República não esquece os seus nomes. Em Bucareste são nome, entre outros, de duas boulevards. Percorrer estas duas vias é uma autêntica viagem pela história da Roménia: o histórico, o clássico e o moderno; o melhor e o pior de uma sociedade que, pela sua posição geográfica, é um misto do mundo latino e eslavo, sem nunca esquecer as vizinhas Turquia e Grécia. Vamos caminhar?

Read More Um país entre Reis
Anúncios

HABEMUS LUMINA

Todos os anos é assim: as ruas ganham um novo brilho quando nos aproximamos do Natal. E na semana em que Bucareste foi considerada uma das cidade europeias mais “brilhantes” na quadra natalícia, fui à rua ver a razão de tal classificação. Ainda não há neve, mas, em compensação, encontramos três milhões de pequeninas luzes pelas principais artérias da capital.

Read More HABEMUS LUMINA

ESTA VIDA DAVA UM FILME!

Muito mais do que visitar novas cidades, monumentos, paisagens ou conhecer a cultura de um país, é o contacto com as pessoas que torna a vida realmente rica. E neste vai e vem de novos contactos há sempre a história de alguém que nos cativa. “Esta vida dava um filme!”, exclamei eu, depois de ouvir, na primeira pessoa, a história de Alejandra: uma venezuelana que vivia no Panamá, atravessou o Atlântico e acabou por ser feliz aqui, em Bucareste, não sem antes ter passado pelo cabo das tormentas. Um cocktail que mistura novas tecnologias, (muito) amor, perseverança e (muita) burocracia. O fim da história?! Há que ler até ao último parágrafo para a descobrir!

Read More ESTA VIDA DAVA UM FILME!

‘CEAUȘIMA’ OU COMO RECONSTRUIR UMA CIDADE

Andar pelas ruas de Bucareste e não reparar em como há longas avenidas totalmente padronizadas, com filas repetidas de blocos monolíticos de apartamentos, é como estar totalmente desligado da realidade. Muito mais do que uma mera organização espacial da cidade, esta visão é um traço comum a todos os países do antigo bloco soviético. Contudo, o Plano Director Municipal de Bucareste ia mais além do que a mera organização territorial da capital. ‘Sistematização’ é o nome oficial de uma política cuja finalidade era a de formatar toda a sociedade romena ao molde de Nicolae Ceaușescu, começando pela arquitectura. No post de hoje passeamos por uma das maiores e mais controversas heranças do período comunista na Roménia, a Sistematização.

Read More ‘CEAUȘIMA’ OU COMO RECONSTRUIR UMA CIDADE

O LADO B DA NEVE

São 22h00 em Bucareste. Lá fora confirma-se o que as previsões meteorológicas vinham a anunciar há vários dias: a neve vai voltar. Mas se tudo parece bonito quando o véu branco se abate sobre a cidade, não haja dúvida que no dia seguinte começa o caos nas artérias da cidade. Não que a neve bloqueie os carros de circular, antes a dificuldade em ter uma vida normal. Agora percebo porque há tanta gente a desejar que o Verão regresse. Afinal de contas, a beleza branca tem o seu lado maléfico também!

Read More O LADO B DA NEVE

EU SOU A OUTRA

A estrada corre paralela ao curso de água. A curiosidade desperta por sabermos que do lado de lá daquele pequeno rio estava a outra. A outra! A república ex-soviética, a irmã separada da Moldávia da velha Dácia, a filha roubada à Roménia pelas mãos dos senhores da guerra. Saltamos a fronteira. Hoje não escrevo sob jurisdição de Bucareste. Vamos mais além e visitamos Chisinau. Vamos conhecer a capital da República da Moldova.

Read More EU SOU A OUTRA

Explosão cromática

Confesso que ainda não consegui descobrir o porquê do uso de tanta cor em simultâneo. Será uma forma inconsciente de fugir aos longos e cinzentos anos de ditadura ou uma forma de celebrar a vida após os gélidos e escuros meses de inverno? Uma coisa é certa, em Bucareste a noite tem muita cor!

Read More Explosão cromática

Cărțile mele*

A inauguração da nova livraria ‘tudo-em-um’ trouxe um movimento ainda maior à rua Lipscani. A loja ocupa um edifício inteiro, todo ele recuperado, abrindo-se ao grande público em tons de branco. Ao entrar, apesar de maior e mais luminosa, o conjunto de várias escadarias e a estrutura interna da loja trazem-me à memória a Livraria Lello, no Porto. Mas fica-se por aí! Uma mera e simples lembrança. Livros vi poucos, pessoas muitas. Contudo, no meio da confusão, ainda descobri alguns tesouros bem portugueses.

Read More Cărțile mele*